Faz bem ou faz mal?

Água, cantor toma água! Essa dica é da cantora e professora de canto Eliete Negreiros. Comer maçã também é bom. Lembram-se de como Eva cantava no paraíso?! SEM CASCA!!! (a maçã…) Apesar de, na casca, concentrar-se o maior número de nutrientes. Claro, é para a “casquinha” não parar lá “naquele lugarzinho” (seios periformes é seu nome).

Sabe, aquele pigarro? Eudosia Acuña Quinteiro também sugere, do alto de seus muitos anos de atriz e de doutorado em fonoaudiologia e preocupação com a voz do ator: água, muita água. Nem muito fria, nem muito quente! Aquela que sai do filtro ou da bica, na temperatura ambiente, desde que não seja no inverno.

Há uma infindável lista de coisas que podem irritar, incomodar e até prejudicar as cordas vocais. Depende da pessoa. Há quem tenha alergia a determinados alimentos, interferindo na voz. Café faz-lhe mal? Não o tome. Muitas vezes não prestamos atenção a nós mesmos, delegando os poderes ao médico da família, sem saber que o ajudaríamos, e muito, se observássemos o que botamos para dentro. Ou para fora…

E açúcar? E laticínios (queijo, iogurte, etc.)? Chocolate? Álcool? Cigarro? Pão? (Tudo o que é feito de farinha vira cola quando ingerido; é como colar cartazes na rua. Se algumas pessoas conseguem expelir o que não lhes convém ao organismo, outras retêm uma quantidade que daria para colar um “outdoor”…)

Como limpar o muco acumulado? Água, chá de raiz de lótus (e não precisa ir à China ou ao Japão, há na loja de produtos naturais, ali na esquina), chá de “habu” – sementes de capim-fedegoso (idem, idem) e alcaçuz. Coisas que limpam os pulmões sem sujar nada do resto. E NUNCA pigarrear ou tossir para tirar o “pigarro” (principalmente depois de ter iniciado o aquecimento vocal).

“- Mel é bom?” “- Depende.” “Mas não é natural?!” Meu mestre de Do-In, Juracy Cançado, dizia: “Terremoto também é natural, cicuta…” E completava: “Bom para quê? quando? para quem?!” A homeopatia aconselha o mel para expectoração. Mas já vi uma cantora quase não entrar em cena, com uma bola de mel atravessada na garganta…

Gengibre é bom? Adstringente é. Num dos meus grupos vocais, depois de três dias chupando bala de gengibre para “melhorar a garganta”, uma cantora percebeu que o gengibre irritava suas cordas vocais, deixando-a ainda mais rouca. Eu descobri que o “pólen”, aquele gostosinho, vendido em casas de produtos naturais, energético e tudo o mais, depositado na colméia pelas abelhas, é capaz de me deixar totalmente afônico. E já vi muita gente ficar sem voz pelo uso do “própolis”, produto natural, também fabricado pelas abelhas, que utilizo com freqüência e que não me causa mal algum.

Berta Lange, sapientíssima mestra com quem toda uma geração de atores e atrizes paulistas muito aprendeu nos anos 70s, recomendava gargarejo com meio copo de água tépida e uma pitada de sal, a fim de cessar aquela pequena rouquidão que às vezes nos acomete.

 

ATENÇÃO: Se você tiver outros conhecimentos, outras informações, outras dicas, discuta com as pessoas, cheque sua veracidade com os profissionais da área, e só depois passe-os adiante. Todos os cantores (e todas as pessoas) ficarão muito agradecidos. Cuidado para não pegar informações pela metade, nem experimentar “dar aulas” sobre algo de que você mal sabe o nome… Deixe a Medicina para os médicos, mesmo que não acredite neles (seja qual for sua formação). Ou vá estudar Medicina. Seja de que natureza for. Ou VOZ!

About these ads

5 Respostas para “Faz bem ou faz mal?

  1. quero agradecer pelas dicas.
    Entrei só pra tirar a dúvida sobre o café mas terminei lendo todo o conteúdo e saí maravilhado. E certo de que estava fazendo TUDO errado, e agora farei tudo certinho para arrasar na voz.

  2. adorei o seu site é muito interesante email jamyson_silva@hotmail.com nota 10 parabenssss

  3. O GENGIBRE ENGANA MUITO . ELE DA UMA ANESTESIADA NA GARGANTA MAS NÃO CURA, É SÓ NA HORA, E A PESSOA PENSA QUE ESTA MELHORANDO.

  4. fernanda do carmo da silva

    nhossa qu legal mais isso n me ensinol nada

  5. Não entendi o que se deve fazer quando há pigarro. Uma fonoaudióloga ensinou-me a tossir levemente para expeli-lo ao invés de pigarrear.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s